terça-feira, 15 de julho de 2014

A melhor foto são os olhos que tiram



Desde que eu me conheço por gente eu sou apaixonada por fotografia, lembro de uma ceia de Natal aqui em casa que eu fiquei tirando fotos da minha nova boneca como se fosse a melhor coisa do mundo. 

Quando minha paixão por isso começou a crescer eu insisti na ideia de que precisava de uma câmera muito boa, daquelas que você pode trocar a lente, mexer em todas as configurações possíveis. Passei dias sonhando com isso. 

Desde que ganhei a minha tão querida câmera, aprendi a tirar fotos muito mais bonitas do que eu tirava antes, vivo me empenhando a aprender alguma função nova, mas de algum jeito ou de outro eu sempre acabo me decepcionando. Um pensamento não sai da minha cabeça de que eu nunca vou conseguir uma imagem tão boa quanto a dos meus olhos quando veem um momento que sei que devo guardar para o resto da minha vida. 

Momentos esses que eu tenho cravados em minha memória e tento resgatá-los todos os dias para que não caiam no esquecimento, são imagens que nem a melhor câmera do mundo poderia ter captado a alma daquele instante. Imagens que morrerão comigo e que nunca vou conseguir mostrar para ninguém. 

Aquele momento que eu vi o meu sobrinho pela primeira vez, ou quando eu estava em frente a janela com ele, tão próxima que podia sentir sua respiração em meu rosto e que meus ouvidos ficaram doloridos com a sua gargalhada, ali, naquele momento, eu olhei em seus olhos e salvei essa imagem que vou guardar para sempre. Um momento simples, um par de olhos azuis brilhando e o sorriso mais lindo do mundo. 

Não tem câmera que capture esses momentos, a melhor foto são os olhos que tiram. O nosso mais lindo álbum de fotos está em nossas memórias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário