segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Como surgiu o preconceito com o batom vermelho?

marilyn-monroe

Sempre tive curiosidade em saber de onde raios surgiu o preconceito que algumas pessoas têm com batom vermelho. Vai dizer que você nunca ouviu alguém falando que batom vermelho é coisa de “puta”? Ou algum homem dizendo "mulher minha não usa esse tipo de coisa"?

Com o tempo, nós, mulheres, conseguimos tirar um pouco o estigma que essa cor carrega quando colocada sobre nossos lábios, mas o caminho ainda é longo, pois essa ideia retrógrada ainda persiste na mente de alguns. Meu batom preferido é o vermelho, mas já deixei de usar por causa do preconceito alheio.


Acontece que hoje eu comecei um curso de maquiagem e estava ouvindo o professor falar sobre a origem da maquiagem/moda e eis que ele começa a falar sobre a Idade Média. Agora eu volto para o colegial e lembro de todas as aulas de história em que eu fiquei pensando na morte da bezerra e me ferrei depois na prova, sendo que lembro de cada palavra dita na aula de hoje – como a abordagem de um tema muda completamente o nosso interesse, não é mesmo?


Voltando para a Idade Média, sabemos que a Igreja que comandava todos os aspectos daquela época e não seria diferente com as vestimentas e o uso de cosméticos. A maquiagem foi proibida, era considerada profana e o batom vermelho, por exemplo, era relacionado aos cultos satânicos. Quem utilizava batom vermelho nessa época eram as prostitutas nos becos escuros, o que nos mostra a origem desse preconceito que encontramos até hoje com a cor.


Achei uma informação interessante para trazer aqui no blog, nunca tinha pesquisado a origem da maquiagem e fez o maior sentido do mundo quando descobri porque o batom vermelho sempre foi muito mal visto. Foram-se os tempos em que as mulheres eram treinadas para agradar os maridos, hoje nós somos livres para usarmos o que nos agrada e se você conhece alguém que não usa batom vermelho por causa de um homem, avisa a miga que ela está em um relacionamento abusivo. Mulher usa o que quiser. 

2 comentários:

  1. olá, eu penso q a palavra correta nem é preconceito e sim machismo, a realeza usava um tom de batom rosado, e as demais que eram dançarinas usavam o tom vermelho, chamava mais atenção e era uma forma de "marca" as que eram moças séries, sabemos que até hoje temos esse tipo de conversa, o batom vermelho pra mim é uma forma de afronta o sistema, de tirar da ordem tudo que nos é colocado como menos chamativo, batom vermelho é paixão é conquista é independência. viva o batom vermelho.
    beijos e boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Outro fato sobre o batom vermelho é que no Egito Antigo as mulheres que usavam eram prostitutas e que faziam sexo oral.

    ResponderExcluir