segunda-feira, 16 de maio de 2016

Review: Base Studio Fix Fluid da MAC

DSC_0134


Faz um belo tempo que não apareço por aqui com alguma dica de beleza. Um tempo atrás eu decidi que ia mudar o foco do blog (que até então tinha sido beleza e moda) e passei a escrever um pouco mais sobre a minha vida e coisas que eu estava assistindo.


Então, esse vai para quem gosta de posts desse tipo e que começou a me acompanhar por causa disso. Não sei se vou voltar a escrever com mais frequência sobre coisas de beleza, mas por enquanto só vou passar dica do que realmente achar indispensável na necessaire.


Se você olhar pra foto do meu perfil ali na direita vai perceber facilmente que a minha cor é a famosa cor de palmito, sulfite ou (insira aqui) qualquer outra coisa tão branca quanto leite. Por ser tão branquinha assim, sempre tive dificuldade em encontrar bases que dessem certo para o meu tom de pele. Muitas vezes o tom mais claro de uma marca ainda me deixa com cor de tijolo e saio parecendo uma palhaça por aí, veja esse post e saiba do que estou falando.


Antes de comprar essa base da MAC, eu estava usando (há um belo tempo) a base TimeWise da Mary Kary. Já fiz post falando sobre ela e super recomendo, desde que seja na cor certa da sua pele, óbvio! Eu estava usando a Ivory 1 e depois, durante o curso de maquiagem que fiz, descobri que na verdade a minha cor seria Beige 1. Vida que segue, continuei usando porque dinheiro não cai do céu, né?


Agora que minha queridinha base “reboco” está com os dias contados, resolvi investir em uma um pouco mais glamourosa e acabei comprando a base Studio Fix Fluid da MAC. Veja bem, sou completamente contra comprar coisas caras e que podem ter uma alternativa nacional tão boa quanto, mas meu lado consumista resolveu dar uma chance para ela porque eu nem base estava mais usando durante o dia porque queria algo que tivesse uma cobertura boa, mas ao mesmo tempo não pesasse no meu rosto. Me sinto incomodada, parece que estou suja.


DSC_0123


Paguei R$121 na Sephora. Claro que o preço não é lá aquelas maravilhas, mas achei até razoável por ser da MAC. A cor eu escolhi no olhômetro mesmo e pedi pro santo das viciadas em maquiagem ajudar na escolha. A cor que escolhi foi a NC15 e se você olhar na tabela de cores vai ver que é uma das mais claras que a marca tem. Tão clara que eu achei que fosse ficar com cara de boneca de porcelana, de tão branca. Mas tudo deu certo no fim e acabou que essa cor é exatamente a cor da minha pele. Não consigo enxergar nenhuma diferença de cor quando estou com ela no rosto e ela ainda tem um fundo amarelado, assim como a minha pele.


Essa base me deu justamente o que eu queria: uma boa cobertura sem pesar muito no rosto. Quando passo a base da Mary Kay, me sinto completamente rebocada e a vontade de chegar em casa logo para poder lavar o rosto é muito grande. Por estar sempre calor na cidade que moro, acabo evitando usar coisas pesadas. Com uma camada ela já some com todas as sardinhas que tenho (não que eu as ache um defeito) e a maior parte das minhas olheiras, deixando um aspecto de pele lisinha e suave ao mesmo tempo. A única coisa que eu tenho para reclamar sobre esse produto é o cheiro. Essa base é tem um cheiro muito ruim, juro que passa depois que seca, mas continua sendo desagradável.


Bom, espero que tenham gostado dessa resenha. Qual a base favorita de vocês?


Um beijo

Nenhum comentário:

Postar um comentário